Carregando
Biografia em resumo

Marta Moita é investigadora principal do Centro Champalimaud, em Lisboa, cidade onde cresceu. Em 1996, ingressou no programa de doutoramento da Gulbenkian, em Biologia e Medicina, tendo depois concretizado a tese de doutoramento no Center for Neural Sciences, New York University. Durante o doutoramento, Marta estudou como é que as células do hipocampo codificam episódios de condicionamento de medo. Em 2002, fez uma pequena mudança geográfica para Cold Spring Harbor, onde investigou o papel dos neurónios do córtex auditivo na discriminação auditiva. Passados uns anos voltou à sua cidade natal, Lisboa, tendo estabelecido o seu grupo de investigação no Instituto Gulbenkian de Ciência independente e, em 2007, juntou-se ao Centro Champalimaud. O laboratório de Marta Moita - Behavioral Neuroscience Lab - estuda comportamento social em ratos e em moscas, nomeadamente como é que o ambiente social e mecanismos de cooperação modulam comportamentos de defesa.

E mais ainda
Estamos sempre ligados

Liga-te a nós

Seguir

Email

Entrar em contacto: info@fica.pt

Localização

Palácio e Jardins do Marquês de Pombal, Oeiras, Portugal
Ver Mapa